fbpx
Óptica Belavista

Problemas de Visão Prejudicam Rendimento Escolar das Crianças

Problemas de Visão Prejudicam Rendimento Escolar das Crianças

Uma em cada cinco crianças em idade escolar apresenta problemas de visão. De acordo com a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO), esses défices da função visual “podem interferir com as capacidades de aprendizagem” e devem ser detetados o quanto antes.

Assim a SPO salienta a importância de uma atenção redobrada dos pais e dos educadores, e dos rastreios, sendo que o primeiro “deve ocorrer antes dos 3-4 anos”, uma vez que “nesta primeira observação se podem detetar problemas de visão que passam despercebidos aos pais”.

Portanto, estão em causa, problemas oculares como a miopia, hipermetropia e astigmatismo, a ambliopia e o estrabismo, sendo estes dois últimos “os mais graves”, como indica Pedro Menéres, membro da Direção da SPO.

Em muitos casos, as capacidades visuais da criança não estão suficientemente desenvolvidas para que possa ler, ou aprender a ler, de forma eficaz. Infelizmente, as crianças com problemas de visão não dizem aos pais ou professores que têm um problema. Não têm consciência que é suposto ver letras, números e objetos de uma forma diferente – vêem e entendem o “Mundo” à sua maneira.

Esteja atento aos seguintes sinais que poderão indiciar necessidade urgente de marcação de consulta:

Em primeiro lugar é necessário um diagnóstico apropriado.

É muito importante que a avaliação envolva, além da acuidade visual, os movimentos oculares, acomodação, binocularidade, coordenação olho/mão e processamento de informação visual.

O sistema visual humano é complexo. Os problemas que podem surgir requerem uma variedade de opções de tratamento. Muitas condições visuais podem ser tratadas eficazmente com óculos ou lentes de contacto. Porém, algumas necessitam ser tratadas com terapia visual.

A poucos dias do recomeço das aulas, é importante salientar a importância da boa saúde ocular, por isso se tem um filho em idade escolar não arrisque e marque a sua consulta gratuita hoje mesmo através do 239 721 104.

Leave a comment